Nova janela de ações do Eberick

Escrito em 04/10/2016, por Engº Juliano Demarche Categoria: Melhorias em recursos Tags:

A partir da versão 2016-10 a janela de “Ações…” do Eberick foi reformulada. A nova janela possui agora duas abas, uma para as definições das ações que podem atuar no projeto e outra para as configurações que definirão as combinações de ações adotadas no projeto.

Dentro da aba “Ações” ficaram todas as informações relativas as ações que podem atuar no projeto. É nessa aba que se adicionará novas ações ou se definirá os coeficientes de ponderação adotados em cada ação para a geração das combinações.

Nova janela de ações do Eberick

Figura 01 – Nova janela de ações (aba Ações)

Na aba Combinações ficaram todas as informações para a geração das combinações. Nessa aba estão listadas todas ações existentes, podendo o usuário habilitar ou desabilitar uma determinada ação. Em função das ações habilitadas o programa fará as combinações, ou seja, as combinações serão geradas apenas para ações habilitadas. As ações de vento e desaprumo passam então a ser definidas aqui, e não mais em suas respectivas configurações. Por exemplo, caso se deseje desconsiderar o desaprumo, o mesmo deve ser desligado na aba “Combinações” e não mais em “Configurações – Análise – imperfeições globais”.

Figura 02 – Nova janela de ações (aba Combinações)

Figura 02 – Nova janela de ações (aba Combinações)

Está previsto ainda para o próximo Release novos critérios de geração de combinações, dando ao usuário mais liberdade na definição da quantidade de combinações adotadas em seu projeto, sempre respeitando o que preconizam as normas de projeto.


  1. RICARDO disse:

    Tal ação com certeza ajudará, e muito na agilização dos projetos com o principal fator: tempo.

    ?
  2. TADEU disse:

    Muito bom. Maior flexibilidade e autonomia para o projetista.

    ?
    • RENATO disse:

      Chega a ser … engraçado. Curioso, já o é.

      Sabemos todos que das centenas de milhares de casos de combinação de carregamneto gerados, obrigatoriamente, pela norma … na verdade apenas uma dezena deles realmente interessam.

      Recusros como esse, não só apenas sao muuuito bem vindos, como também escancara o precisosismo inútil que se tornou o cálculo estrutural mûderno, auxiliado por computador e alavancado pelas tais … pesquisas acadêmicas (geralmente, realizada por gente que nunca projetou na vida real …) que teimam em ir na contra-mão do bomsenso e da boa prática.

      Grande recurso! Nada como um choque de realidade…

      ?
  3. RONE disse:

    Prezados,

    Outra melhoria interessante seria prever uma opção de exibir somente os momentos positivos ou negativos ou ambos para as lajes, facilitando a visualização dos valores e identificação quando há sobreposição nas bordas.

    Trata-se do comando disponível no menu Lajes > submenu Momentos.

    Atenciosamente,

    Rone Antônio de Azevedo

    ?
  4. ROGER disse:

    Mais um recurso que soma muito pouco ao nosso dia-a-dia. Perdoem pela sinceridade, mas isso aí para mim é uma alteração cosmética.
    Amigos, com todo o respeito…ainda temos o problema das ações negativas INEXPLICAVELMENTE ocorrendo nas fundações por causa das rampas, e o novo QiBuider mais instável que nunca. Vamos arrumar a casa primeiro, e depois fazer essas alterações no programa?

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Roger,
      Existem diversas linhas sendo tratadas e que devem auxiliar também nos pontos citados no seu comentário.
      Esta nova janela está alinhada com o próximo recurso voltado aos critérios para geração das combinações, que deve entrar no próximo release.

      ?
      • DIONISIO disse:

        Pois é… O Roger está sempre certo… E olha que não é só com rampas que aparecem tais “fantasmas negativos” não…
        Mas o recurso é bem vindo: organização e controle geram produtividade e segurança.

        ?
        • LEANDRO disse:

          Concordo plenamente com você Roger, existem muitas coisas para melhorar que realmente ajudam no dia a dia, o caso das rampas incluo também as escadas, o builder travando toda a hora, detalhes de ferragem que se emendar um ferro, aumentar a quantidade ou mudar o diâmetro da barra não altera o desenho de dentro da viga nem do corte, conseguir fazer um corte no detalhe da viga onde eu quiser. E por ai vai

          ?
          • ROGER disse:

            Grato pelos comentários, é que eu praticamente passo o dia inteiro usando essa ferramenta espetacular, não tem como não ficar impaciente quando alguns erros notáveis e importantes não se tornam uma prioridade para o suporte.

            ?
      • MATHEUS disse:

        Outro problema que deveria ser arrumado é o dos apoios sobrepostos em vigas, eu particularmente acho um absurdo o software ainda não conseguir arrumar automaticamente isso.

        ?
      • ROGER disse:

        Obrigado, Karine! A sua atitude de responder aos comentários negativos só faz aumentar meu respeito por você e pela equipe.

        ?
  5. RENALDO disse:

    Na verdade, creio que já chegou a hora de nós nos unirmos um pouco mais e cobrarmos melhorias que realmente façam a diferença. Oque estou vendo nos últimos anos são pequenas e as vezes irrelevantes melhorias, criadas aparentemente, para justificar as novas atualizações. Outra coisa que tenho observado é que as novas atualizações do eberick estão vindo com muita instabilidade (parecem não estar prontas). Desde que mudei para o V10 tenho mandado uma quantidade absurda de projetos corrompidos, sabe Deus por qual motivo, para o suporte. Quanto ao QI Builder, sem comentários………..

    ?
  6. BORIS disse:

    Concordo com os comentários do Roger e do Reinaldo, sempre pertinentes e corretos, creio que o ajuste e implementação de recursos que agreguem ao projetista seja o mais importante. Tenho o mesmo ponto de vista que as atualizações mais “perfumaria” que recursos que realmente façam a diferença. Reconheço também a bela atitude da Equipe AltoQi da discussão neste blog. É através do desenvolvimento conjunto (AltoQi e projetistas) que conseguiremos evoluir. Aproveito para perguntar qual o posicionamento da AltoQi sobre a Interação Solo Estrutura, pois trabalho bastante com residências de alto padrão, e edificações de 4 a 7 pavimentos, e a análise de molas, recalques preciso realizar em planilhas auxiliares. Essa interação também não existe no módulo de fundações profundas.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Boa tarde Boris,
      Ainda não temos rpevisão para repassar sobre iteração solo-estrutura, mas a solicitação está registrada.
      Não temos a conversão dos dados de um ensaio geotécnico nos parâmetros de molas, mas no Eberick é possível utilizar os coeficientes de mola da fundação para esta análise ou o próprio tubulão para análise com fundações profundas.
      A propósito, no blog Mais engenharia está previsto uma série de artigos sobre este tema. Caso tenha interesse, este é o primeiro artigo da série: Interação solo estrutura e sua aplicação na análise de estruturas

      ?
  7. RAFAEL disse:

    Boa tarde Moderador. Desculpe a pergunta fora do contexto da página. Esse final de ano será liberado o módulo de dimensionamento das alvenarias para nossos testes conforme foi nos informado ?

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Boa tarde Rafael,
      O módulo Dimensionamento de alvenaria estrutural segue em desenvolvimento e, até este momento, não temos uma versão fechada para experimentação. De todo modo, essa versão deve existir conforme informado. Logo devemos publicar um post com mais informações sobre o andamento deste projeto e as previsões atualizadas.

      ?
  8. CICERO THIAGO disse:

    Colegas, boa noite. Faço coro com todos os comentários pertinentes aqui postados. Acrescento também a limitação do programa com o lançamento de lajes. São muitos condicionantes (limitadores) para o lançamento no croqui: lajes com divisa por barras, com vigas internas, com conjunto de vigas internas, são alguns exemplos de situações que impedem a inserção do modelo. Tal situação impede, por exemplo, o lançamento de pavimentos apenas com capiteis e vigas de bordas, mas com núcleo de rigidez interno (torre da escada/elevador). Isso é uma limitação antiga e atrapalha projetos mais modernos. Acrescento a visualização dos esforços das mesmas: muito confusa as vezes. Investir num modelo de análise adicional (elementos finitos), além das grelhas, a um simples clique, seria bem vindo para projetos com formatos especiais. Abraços a todos

    ?
  9. JOAO disse:

    Bom dia,
    Acabei de fazer o download do release 3, e testando a nova janela de ações percebi que as ações utilizadas para determinar os parâmetros de estabilidade
    não estão sendo influenciadas por esta configuração.
    Existe algum motivo específico para esta situação?

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Boa tarde João,
      Não foram alterados os critérios das ações utilizadas para os parâmetros de estabilidade. As novas ações criadas, por exemplo, serão consideradas para determinação dos parêmetros de estabilidade e no caso do de vento e desaprumo, sempre serão considerados ligados.

      ?
      • JOAO disse:

        Bom dia Karine,
        Agradeço a resposta, mas do meu ponto de vista não faz sentido projetar a estrutura com um conjunto de ações / combinações. E verificar os parâmetros de estabilidade com outras combinações.
        Solicito que repensem esta questão.
        Quanto ao gama-z propriamente dito, parece-me que para ações como solo e desaprumo o delta_Mtot,d leva em conta os deslocamentos horizontais que estas ações causam a estrutura. Mas estas mesmas ações não modificam o M1,tot,d (momentos de tombamento), fazendo com que o gama_z por vezes de valores demasiadamente altos, podendo até chegar ao infinito.
        Aguardo seus comentários.
        Obrigado.

        ?
Os comentários estão fechados.

Dicas de acompanhamento do blog

Escrito em 19/04/2016

Para acompanhar as notícias e publicações no Blog preparamos uma série de opções de navegação no menu lateral que permitem filtrar os tópicos recentes, as publicações de cada categoria, as últimas notícias, entre outras.
Além disso, no rodapé do seu Eberick será apresentado o link de cada novo post publicado.
Você também pode receber de forma automática as novas publicações através das ferramentas de feeds do navegador de internet ou do seu e-mail.

Para receber as novidades por e-mail basta cadastrar os endereços abaixo:

×