Status de dimensionamento dos elementos

Escrito em 07/06/2016, por Engº Edvanio Teixeira Categoria: Novos recursos Tags: ,

Finalizado o desenvolvimento de um novo comando que permite visualizar o status de dimensionamento de todos os elementos do projeto, facilitando a conferência global do projeto.

Nesta janela as informações são organizadas por pavimento e tipo de elemento, separando quantos elementos foram dimensionados com sucesso, avisos e erros. Dentro de cada lista, pode-se consultar quais elementos estão com problemas/avisos de dimensionamento e as respectivas mensagens. Conforme o padrão do programa, ao efetuar um duplo clique sobre a mensagem de aviso ou erro o programa abre uma ajuda explicando a situação.

Status de dimensionamento dos elementos

Status de dimensionamento dos elementos

A partir da próxima atualização do Eberick (release 2), esta janela poderá ser acessada através do menu “Estrutura – Status dos elementos” e através da janela “Mensagens”, botão “Diagnóstico – Status dos elementos”.

Conheça os recursos que estão em desenvolvimento e outros recursos do release 2 acessando nosso índice.


  1. RENATO disse:

    sobre a ENQUETE: – Moderador, porque não permitir comentários ? Não consigo parar de me preocupar … com algo que nem tenho o controle. É igual eleição para presidente… mas mesmo assim gostaria de poder “influenciar” os votos dos colegas, discutindo entre si os temas propostos (e não, sua implementação em si). Por exmeplo … pelo resultado até agora apresentado, fica patente a preocupação dos eng-usuários com … “facilidades”, as quais são preteridas ao modelo mais refinado e REAL!!de cálculo (ex. flexilbilização da ligação entre VIGAS-PILAR, evitando picos de tensão e diagramas de esforços mais condizentes, gerando melhor dimensionamento). É de assustar! Espero que a empresa REFLITA muito bem a respeito.

    ?
    • TADEU disse:

      Renato, também gostaria de comentar essas implementações.

      ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Renato,
      A ideia não é contemplar apenas um recurso da enquete e sim tentar viabilizar a maior parte possível.

      ?
  2. JAIR disse:

    Muito interessante o status de dimensionamentos dos elementos, nos permite uma visão global do projeto.

    ?
  3. ROGER disse:

    Perdão pela sinceridade, mas não vi necessidade de considerar isso um comando ou algo que mereça um tópico exclusivo. Para mim, é apenas um comportamento diferenciado de algo já existente. Ficou mais organizado e é só.

    ?
    • TADEU disse:

      Concordo com você Roger. Não quis me manifestar antes para não parecer o chato. Mas do que foi apresentado até agora nesse Next, está deixando a desejar, mais uma vez.

      ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Roger e Tadeu,
      Publicamos modificações menores também para informar a melhoria, como acessá-la etc.
      Esta modificação faz parte de um recurso maior para geração do diagnóstico da estrutura. Optamos por criar um comando para contemplar os casos em que se deseja analisar somente os erros e avisos.

      ?
  4. DAVID SOUSA disse:

    Karine,

    particularmente gostei da nova funcionalidade.
    Mas acho que falta uma coisa muito importante, filtros. Que tal adicionar filtro que possa separar os “avisos”, “erros” e “todas as mensagens”.

    Não que os avisos sejam menos importantes, mas no meu caso, eu acho interessante olhar os avisos e erros em momentos diferentes.

    O que vocês acham (AltoQi e Colegas)?

    Att,
    David

    ————————-
    [Texto moderado por Moderador Blog Eberick]

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia David,
      Hoje a janela de status dos elementos está organizada com estrutura de árvore para permitir expandir somente os campos desejados, além de permitir a organização da informação por pavimentos ou elementos, dependendo do que se deseja analisar. De todo modo, poderiam ser incluídos outros filtros também. Com a utilização do recurso vocês poderão avaliar com mais detalhes.

      ?
  5. TADEU disse:

    Eu particularmente gosto de analisar os erros nas janelas de dimensionamento, que fornecem informações mais detalhadas sobre o comportamento da estrutura (deformações, diagramas de esforços, picos de tensão, etc).
    Na minha opinião (crítica construtiva) a empresa poderia investir os recursos do Next em melhorias e recursos que realmente agregassem ao software. Esse tipo de melhoria para mim é perfumaria, que não acrescenta nada.

    ?
  6. TADEU disse:

    Complementando, alguns recursos e melhorias que já foram exaustivamente solicitados e a empresa se recusa em atender: vigas inclinadas curvas, pavimento tipo, igualdade entre elementos (principalmente pilares), vigas de transição, melhorias no modelo do pórtico, ….

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Tadeu,
      Estas sugestões estão registradas e foram estudadas. Contudo, algumas delas são recursos maiores e que entrando no projeto Next, inviabilizariam diversos outros recursos. De todo modo, todas as solicitações são repassadas para que tenhamos registradas e assim buscar priorizar as melhorias que atendam ao maior número de solicitações.

      ?
  7. JOAO disse:

    Concordo plenamente, mas toda melhorias são bem vinda.

    ?
  8. BORIS disse:

    Concordo com o Tadeu, Renato e Roger. Embora o Status de dimensionamento dos elementos seja uma facilidade, vejo como perfumaria. Acredito que a equipe de desenvolvimento deva canalizar os esforços para melhorar recursos que realmente agreguem ao software. A flexibilização da ligação viga-pilar é um recurso importantíssimo. Além de implementar recursos realmente importantes, na minha opinião a equipe de desenvolvimento deve finalizar alguns recursos que estão inacabados.

    ?
  9. DAWSON disse:

    Boa noite Enga. Karine. Deixo este recado aqui para pedir à equipe técnica da altoqi para acelerar a viabilidade de dimensionamentos de laje protentida, pois ha muito tempo requisito esse tópico, pois toda vez que tenho que realizar lajes deste tipo necessito recorrer a outros artifícios fora do altoqi. Grato.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Dawnson,
      A AltoQi e Adapt estão com uma parceria e a previsão de liberação dessa integração entre os softwares é durante este projeto Next.

      ?
    • TADEU disse:

      Caro Dawson você está falando de laje maciça protendida ou laje pré-moldada protendida?

      ?
  10. LUCIANO disse:

    Boa noite,

    Moderador, desculpe estar usando o espaço deste post para assuntos diferentes, mas não encontrei um local onde postar novas idéias ou sugestões de melhorias, ele local existe? Sempre acabo solicitando por email ao suporte, mas me passa a impressão que sou uma voz solitária e imagino que outros possam compartilhar do mesmo pensamento, seria importante ter um local apropriado para estas solicitações onde todos possam lê-las e quem sabe acrescentar boas idéias.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Luciano,
      Você pode postar as sugestões aqui no blog também, embora o ideal é manter os comentários em assuntos próximos aos dos posts.
      De todo modo, todas as sugestões repassadas, tanto aqui como para o suporte são devidamente registradas e caso já exista é acrescentada a nova solicitação.

      ?
  11. TARCISIO disse:

    Boa implementação, será bastante útil no dia a dia.

    ?
  12. JOAO disse:

    Prezados, a modelagem do BLOG não está interessante. Onde podemos sugerir os recursos? A AltoQi está impondo os recursos e as funções aos usuários e, para fazer isso, não é necessário fazer o blog, basta que ela lance o produto com aquilo que bem entender e os usuários vejam se lhes é interessante ou não. Desde a versão passada e por meio do atendimento da área comercial eu venho sugerindo a implementação de dimensionamento de lajes protendidas, a concorrente principal já disponibiliza esse recurso há anos e até agora o Eberick não tem nada para oferecer nesse sentido? A principal preocupação dos engenheiros calculistas é ter uma ferramenta que possibilite a maior quantidade possível de soluções estruturais, creio que para o Eberick SÓ FALTA ESSE MÓDULO PARA FICAR PERFEITAMENTE ALINHADO COM OS DEMAIS CONCORRENTES. Acho que esse deveria ser o foco de desenvolvimento da V11.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia João,
      A AltoQi está com uma parceria com a Adapt para soluções com elementos protendidos e logo vamos postar mais informações.

      ?
    • ROBERTO disse:

      Prezados, para ficar alinhado com a concorrência faltam ainda alguns recursos, por exemplo:
      1 – Cálculo de vigas de equilíbrios tipo alavanca;
      2 – Dimensionamento correto de vigas “T”, considerando a distribuição da armadura negativa na mesa (conf. Leonhardt e Mõnnig – Construções de Concreto). Com isto aumenta-se o braço de alavanca, diminui-se a ferragem e evita-se o engarrafamento da armadura. Além disso, algumas vigas que não passam, passariam co cálculo.
      3 – Cálculo de sapatas flexíveis, viabilizando o cálculo de poço de elevador de modo mais simples. Por exemplo: No caso de dois elevadores, juntos, com uma única sapata.
      4- Cálculo de blocos com distâncias diferentes entre CADA estaca. Pois na obra ocorre com frequência que as estacas são deslocadas durante a execução, obrigando ao calculista recalcular grande parte do projeto, manualmente, para verificar se os blocos e estacas atendem as novas excentricidades. O dimensionamento como está atualmente só considera distâncias diferentes em duas direções e não para cada estaca, o que de nada adianta.
      Sou usuário do eberick a uns vinte anos e já fiz estas e outras reivindicações várias vezes e nunca fui atendido.
      Abçs a todos.

      ?
  13. JOSE disse:

    Concordo com os colegas acima sobre a implementação de “perfumarias”. É preciso implementar o processo de modelagem e calculo da estrutura, pois apenas para citar um exemplo, estou fazendo um projeto de um edificio com 16 pavimentos com laj nervurada e capiteis. O Eberick simplesmente NÃO consegue sequer calcular os esforços, dando um aviso de “Estrutura inconsistente”. [texto moderado por Moderador Blog Eberick]. Se tiver uma laje com formato de “L” com o poço de elevadores e escadas no meio da laje, o Eberick simplesmente não reconhece o formato da laje e indica que os nós das vigas que estão delimitando o poço de elevador e escada estão com os nós dentro da laje! Isso é um absurdo para um software deste nivel. [texto moderado por Moderador Blog Eberick] Segue imagem do tipo do projeto acima.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Jose,
      Incluímos diversos avisos no início do processamento para alertar possíveis problemas na estrutura. Se possível, nos encaminhe o seu arquivo para que possamos verificar qual a situação.

      ?
  14. JOSE disse:

    Esqueci de mencionar: Sou cliente da AltoQi desde os tempos dos PROS (viga, laje, pilar etc..) e atualmente possuo DUAS licenças do EBErick.

    ?
  15. RENATO disse:

    Bom dia a todos … comentário esse fora de lugar, devido à falta de tópico específico.

    Prezados, não sei com qual frequencia acompanham as diversas comunidades do yahoo, mas está em discussão um tema relevantíssimo a cerca do dimensionamento de blocos de fundação.

    Gostaria de saber se a empresa tem ciência das dicussões e se pretende atuar no sentido de manutenir o código atual do eberick, que sabidamente produz resultados muuuuito conservadores, há ponto de inviabilizar sua utilização prática (pois sempre outro profisisonal oferece o mesmo serviço, com resultados mais econômicos).

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Boa tarde Renato,
      A AltoQi acompanha os canais oficiais da empresa, blog, facebook, suporte, comercial etc.
      As sugestões e melhorias referentes ao blocos de fundação repassadas pelos canais oficiais são devidamente registradas. Neste momento não tenho uma previsão para repassar sobre implementações nesse sentido.

      ?
    • IVAN disse:

      Esse assunto é realmente sério e a discussão tem ocorrido não somente no Grupo Eberick.
      Sinto falta de realmente saber (fórmula por fórmula) quais as considerações que o Eberick faz, um roteiro de cálculo. Isso seria muito importante (e diria urgente) pra que possamos justificar (e adotar ou não) tal metodologia. Não há um consenso sobre o assunto, mas os resultados do Eberick ficam muito acima de outros adotados.
      Karine, há a possibilidade de divulgarem o “roteiro de cálculo” de blocos para os usuários? Ao menos isso.

      ?
  16. LEANDRO disse:

    Bom dia, Karine acho muito difícil que uma empresa do tamanho da altoqi fique restrita apenas as suas próprias redes, existem muitas discussões acontecendo em outros meios, so para registrar a comunidade do ebercik no yahoo tem mais de 5 anos, e mesmo assim ao que parece e totalmente ignorada pela empresa.
    anote a sugestão de acompanhar outras redes também, mais anote viu, pois acredito que como muitas coisas que foram sugeridas aqui ficam so no anotar, e vai para o bau, e esse deve ser muito grande.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Leandro,
      As sugestões são sempre registradas em nosso banco de dados e a cada novo projeto são repassadas montando uma base inicial. Também podem ser repassadas e repriorizadas no decorrer do projeto.
      É complicado como empresa acompanhar e participar de todas as comunidades e redes sociais criadas livremente. Uma vez participando (no meu ver) seria necessário um envolvimento maior, comentando algumas situações e exclarecendo alguns pontos levantados. Os colaboradores daqui particpam de várias comunidades de engenharia de forma pessoal. De todo modo, vou repassar a sugestão para a empresa.

      ?
  17. LEANDRO disse:

    Outra coisa, no vídeo do novo release diz que as peças da viga genérica aião estar previamente cadastradas no programa, e adivinhe não estão, agora manda um release do release, ou da um mute na fala do vídeo.
    Mais uma coisa tenho um celular ja a uns 6 anos, e nele tenho o aplicativo cad360, posso abrir um dwg e rodar o celular da forma que quiser 90º 180º, e meus ícones ficam sempre no lugar, porque que cada vez que abro o eberick minhas barras de ferramentas sempre estão fora de lugar, e um ritual para acalmar a mente? abre o eberick, arrumas os icones e começa a trabalhar.

    ?
    • Engª Karine Cunha - Dpto de Produtos AltoQi disse:

      Bom dia Leandro,
      O cadastro dos elementos genéricos foi enviado junto com a instalação do release 3.
      Se não está aparecendo os dados cadastrados pode ter ocorrido algum problema durante a sua instalação.
      Você pode reinstalar o release 3 ou então colocar o arquivo cfg dentro da pasta de instalação do programa (vou enviá-lo por email).
      Caso o problema persista entre em contato com o suporte para que possamos verificar melhor a situação e repassar mais informações.
      A AltoQi está fazendo uma série de insvestimentos na base do programa que devem melhorar esta situação. Assim que possível vamos publicar mais informações.

      ?
Os comentários estão fechados.

Dicas de acompanhamento do blog

Escrito em 19/04/2016

Para acompanhar as notícias e publicações no Blog preparamos uma série de opções de navegação no menu lateral que permitem filtrar os tópicos recentes, as publicações de cada categoria, as últimas notícias, entre outras.
Além disso, no rodapé do seu Eberick será apresentado o link de cada novo post publicado.
Você também pode receber de forma automática as novas publicações através das ferramentas de feeds do navegador de internet ou do seu e-mail.

Para receber as novidades por e-mail basta cadastrar os endereços abaixo:

×